Neste Blog, o Dr. Paulo Branco irá publicar matérias sobre as suas especialidades, além de responder duvidas e interagir com seus leitores e pacientes.
Fique sempre atualizado para saber das melhores e mais inovadoras técnicas para desenvolver seu bem estar e qualidade de vida.
Envie suas dúvidas e perguntas para: paulobranco@terra.com.br

terça-feira, 2 de abril de 2013

Hemorroida: Tratamento com o laser



Proctologia: Hemorroida com laser

www.medicinaintegrada.med.br


Proctologista: Dr Paulo Branco

Clinicas:

Vila Olímpia: 
Fatima: 011 - 38467973










Lapa: 
Mônica: 011 – 36728943 / 986663281












Foto: Dr Paulo Branco com o laser e colposcopio anal.



Anatomia vascular anorretal:
Existem muitos vasos que arteriais e venosos na parede do Reto , ânus e períneo, portanto esta região é ricamente vascularizada. Entenda que estes vasos são divididos em artérias e veias. As primeiras levam os nutrientes e oxigênio para os tecidos e as veias captam os detritos resultante do metabolismo celular e levam para o fígado e rins para uma depuração . 
Essas veias a semelhança das pernas dilatam e formam as varizes da região anal conhecidas como hemorróidas. Se essas hemorróidas estiverem localizadas dentro do reto são chamadas de internas e se fora externas. As internas são classificadas de acordo com o seu prolapso ou saída pelo ânus em:

Foto: Anatomia dos vasos formadores das hemorroidas.




Figura: Observe que são muitas veias que dilatam e formam as hemorroidas, que geralmente estão dispostas como um ponteiro de relógio as 3hs, 7hs e 11hs. 

Figura: Localização das hemorroidas.



Comentário: Eu sempre sigo a risca essa informação para retirar as hemorroidas com o laser. Retiro aos vasos dilatados e deixo tecido sadio entre áreas retiradas, porque será deste tecido sadio que ocorrerá a cicatrização com menor risco de complicações, como o estreitamento anal.


Classificação das hemorroidas:

- Primeiro e segundo grau:
Estão dentro do reto e tem o sangramento vermelho vivo INDOLOR que goteja no vaso sanitário ou mancha o papel higiênico como o principal sintoma.
Essa hemorróidas poderão ser diagnosticadas por um exame endoscópico da parte interna do ânus e tratadas por substâncias administradas por via oral que
 estimulam o
esvaziamento das veias retais, associada a uma dieta rica em fibras, exercício físico regularmente e/ou ligadura elástica , que consiste em colocar um pequeno anel de borracha na base da hemorróida que seca e cai. Eu tenho associado ao laser na minha clinica a borrachinha.

Foto: Hemorroida de primeiro grau e segundo grau, estão localizadas dentro do reto:




Hemorroida de terceiro grau:
Entendendo: A hemorroida de 3 grau.
- Ânus sem fazer esforço, de aspecto normal e a Hemorroida permanecerá dentro do reto.

- Eu pedi para o paciente fazer esforço para evacuar: A hemorroida apareceu, essa é a hemorroida de 3 grau.



Tratamento:

Hemorroida de 1, 2 grau:
1- Reeducação alimentar e 
medidas higiênicas e comportamentais:
Os meus pacientes recebem um guia, escrito por mim, contendo todas as orientações alimentares e de mudanças de comportamento e hábitos para evitar que tenha a doença hemorroidária novamente.

- Alimentação com fibras:

- Ligadura elástica:

- Terceiro e quarto grau:
Essas hemorróidas poderão ser visualizadas no bordo anal como pequenas bolhinhas revestidas por pele. O sangramento indolor também está presente e poderá está associado ao prurido ( coceira). Pontadas dentro do reto e dor. A dor poderá ser por uma inflamação na parte interna do reto conhecida como proctite, fissura ou ao abscesso anal. Essas afecções estão no bordo anal e um medico experiente ao olhar o canal anal associada ao toque sem muita pressão confirmar o diagnostico. O tratamento de inicio é clinico já acima referido e se não resolver será cirúrgico. A cirurgia há alguns anos eu tenho feito com o laser sob anestesia local. Na hemorroida de quarto grau o cirurgião terá de usar vários recursos e muitas vezes associar técnicas cirúrgicas para obter um bom resultado. Eu tenho realizado a cirurgia com o laser de CO2 com bom resultado estético e funcional. Os meus pacientes recebem uma apostila que informará todas as orientações comportamentais e nutricionais com a região anal. 


Fotos: hemorroidas de 4 grau
Observar: Apresentam um excesso de pele encobrindo a abertura anal.





















Tratamento:

Cirúrgico: Faço a retirada com o Laser.



- Hemorroidas Externas:
Essas hemorróidas poderão ser visualizadas na parte externa da abertura anal. Muitos pacientes me procuram porque essas hemorróidas os incomodam do ponto de vista estético e as mulheres também reclamam da dor ou coceira resultante do atrito da pelhinha com a calcinha ou por esta impede uma higiene adequada após as evacuações ficando detritos fecais que irritam a pele determinando uma dermatite com intensa coceira em alguns casos.
Essa pelhinha é diagnosticada em medicina como PLICOMA , sendo formada pela pele isquemiada ( morta) e um vaso abaixo dela.
A cirurgia é a única forma de tratamento definitiva para uma correção estética que é muito pessoal e importante para o paciente e não muito compreendida pelos médicos. Eu realizo a retirada com o laser, alcançando o resultado estético e funcional desejado.


Foto: Plicomas ou pelinhas



Vários plicomas


Plicoma gigante

Tratamento: retirada das pelinhas com o laser.









- Trombose hemorroidária:

O sangue desta hemorróida externa poderá coagular dentro da hemorróida, levando ao aparecimento de uma bolhinha dura, fora da abertura anal e muitas vezes de aparecimento abrupto, deixando o paciente apreensivo. Esta trombose poderá se resolver espontaneamente, sendo o coagula expulso pelo organismo através da pele ou se isto não ocorrer deverá o coagulo ser retirado cirurgicamente, que eu faço com o laser e sob anestesia local.


Foto: Trombo ou coagulo.
Trombo: Bolinha endurecida

Perguntas e respostas em proctologia:
Porque o Sangramento é vermelho Vivo se a hemorróida é uma veia?

Resposta: O corre que o sangue que vem pela artéria passa para a veia antes de chegar nos tecidos o que em medicina se chama de fístula, determinando uma dilatação das veias e como essas têm orifícios na sua parede, o sangue vermelho proveniente da artéria sob pressão esguicha por estes orifícios.
Hemorróida é sempre uma doença benigna?

Resposta: Sim, do principio ao fim independente do seu tipo se interna ou externa.
A ligadura elástica é segura e sem complicações?
Resposta: É uma técnica segura e já consagrada no mundo inteiro. A borrachinha deverá ser colocada no vaso na mucosa retal e nunca na abertura anal e para isso sempre antes de fazer a técnica eu visualizo esses vasos através de um anuscopio. A razão é que a inervação do reto é classificada como autônoma, isto é indolor enquanto que a inervação do ânus e sensitiva, isto é dolorosa. Se após a ligadura elástica o paciente referir um pequeno incomodo será normal, porém se a dor for intensa a borrachinha deverá ser retirada pois está posicionada no lugar errado.

Conclusão: Espero que você enriqueça os seus conhecimentos, tire as dúvidas e mantenha a sua saúde em dia?
















2 comentários:

  1. Gostaria de saber se além do tratamento a laser existe outros tipos para eliminar as hemorroidas. Ouvi falar muito bem do método THD. Dizem que essa Desarterializaçao Hemorroidaria Transanal é pouco invasiva e uma cirurgia praticamente indolor, pois os tecidos nao sao removidos através de cortes, e sim por meio de um doppler. Serà realmente uma inovaçao da cirurgia hemorroidaria?

    ResponderExcluir
  2. tive um parto muito complicado, fiz muita força o medico disse que a minha hemorroida trombosiou, fiz ligadura elastica, mas mesmo assim quando abaixo ou vou ao banheiro ela sai pra fora,, nunca sangrou, mas as veses fica enchada e sai para fora ai tenho que empurrar para dentro e tomo remedio, e ficou horrivel com plicomas ou peles. queria operar . por causa da estetica. qual o melhor metodo?

    ResponderExcluir