Neste Blog, o Dr. Paulo Branco irá publicar matérias sobre as suas especialidades, além de responder duvidas e interagir com seus leitores e pacientes.
Fique sempre atualizado para saber das melhores e mais inovadoras técnicas para desenvolver seu bem estar e qualidade de vida.
Envie suas dúvidas e perguntas para: paulobranco@terra.com.br

Youtube - Dr. Paulo Branco

Youtube - Série especial de vídeos

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Proctologista: Videos de hemorroida, fissura, fistula, DST, Cisto pilonidal.

Proctologista, vídeos de hemorroida, fissura, fistula, DST, HPV, cisto pilonidal.

Dúvidas: 11 - 995204135 / 987164052
Dr Paulo Branco










Clinicas:
Lapa: Mônica
Fone/whatsApp: 11- 986663281


Mônica




Vila Nova Conceição: Fátima.
Fone: 11-38467973


Dr Paulo Branco




Centro de São Paulo - Praça da Republica.
Fone: 11-3331-7016

Renata






                                Video: Hemorroida.






                                          Video: THD












                                           Vídeo: Fissura anal.




                                         Vídeo: Fístula perianal



                                          Video: Cisto Pilonidal.





                                          Vídeo: HPV.


                                          Hemorroida Trombosada:
                                       



                                          Dor no reto:





                                         Duvidas com o proctologista:



                            Plicomas ou pelinhas no ânus:
                                         

                                          Proctologista: Léo Aquila.




                                           Video de HPV:




                                      Entrevista: Hemorroida com laser.



                                         Palestras: Sobre as doencas proctologicas.






sábado, 6 de dezembro de 2014

Fístula perianal: Cirurgia fechada com laser, ilustrada com fotos e video.


Fístula perianal, cirurgia fechada a laser e anestesia local, fotos e vídeo.

Dúvidas: 
Fone/whasApp: 11- 9952041-35 / 98716-4052.











Video: Fístula perianal com Dr Paulo Branco.





Clinicas:

Proctologista na Lapa: 
Fone/whatsApp: 11- 986663281



Mônica


Proctologista no Centro de São Paulo:
Fone: 11- 3331-7016


Renata




Proctologista na Vila Olímpia:
Fone: 11 - 3846-7973


Fatima



Duvida do internauta: Fístula perianal.










Video de fístula perianal: Dr Paulo Branco.




Abscesso perianal: Após drenado alguns geram a fístula.
Trajeto da fistula: Pontilhado.
Orifício externo da fístula: Circulo 


Ressonância Magnética:
 A Ressonância Magnética é um GPS para o cirurgião saber da relação do trajeto da fístula com os musculo formadores dos esfincteres anais interno e externo, a mais frequente é a Fistula interesfincteriana, 45%.
                                   
Identificação do orifício externo da fístula. 


Guia Metálico: Idealizado Dr Paulo Branco, que identifica todo o trajeto da fístula, importantíssimo para a retirada completa de todo o trajeto fistuloso. 

             Papila hipertrofica representada na foto acima pela bolinha avermelhada na abertura anal. Essa papila deverá ser identificada pelo cirurgião, 


Fístula: Cirurgia fechada com anestesia local.

Fístula: cirurgia fechada.

Fístula: Cirurgia fechada.


Laser: Retira a fistula sob anestesia local.


Dr Paulo Branco: As fistulas perianais interesfincterianas, isto é localizadas entre os músculos esfíncteres interno e externo do ânus, foi a que eu mais tratei pela retirada com o laser na minha clinica em 2014. 


Atenção: Comentário do Dr Paulo Branco. 
A prótese abaixo foi colocada como tratamento das fístulas. Essa prótese eu retirei após longos e penosos 4 meses 
que foi passada no paciente. Eu não indico para tratamento das fistulas, pelos sintomas gerados nos pacientes, pelo tempo de espera, de 1 ano para ver o resultado que foi de alta recidiva a longo prazo. 

Seton para tratamento da fístula:

Seton para fístula.
Seton: Retirado.















Estenose anal: Dúvida ilustrada com fotos e vídeo.

Estenose ou estreitamento anal, dúvida do internauta ilustrada com fotos e vídeo.
Dúvidas: Dr Paulo Branco
Fone/whatsApp: 995204135 / 987164052





Video: Fissura anal com Dr Paulo Branco.




Clinica:
Proctologista na rua Afonso Brás - 900 - Vila Olímpia.
Fone: 11- 938467973

Secretaria: Fatima.




Proctologista na rua Clelia, 397 - Lapa - próximo ao shoping Bourbon. 
Fones:
Fixo: 11 - 3672-8943
Fone/whatsApp: 11 - 986663281

Secretária: Mônica.



Proctologista no centro de São Paulo - Praça da Republica.
Fone: 11 - 3331-7016

Secretária: Renata.


Estreitamento anal: Enviado pelo internauta.




Resposta: Dr Paulo Branco
A avaliação clinica, na minha experiência, definiu a melhor forma de tratamento para os casos de estreitamento anal que tratei na minha clinica. Os exames radiologicos não foram decisivos e o toque diferenciou entre estreitamento anal cicatricial e hipertonia muscular. Essas duas situações exigem tratamentos cirurgicos diferentes. Esses estreitamentos na minha experiência foram decorrentes da retirada de tecido em excesso durante as cirurgias para retirada de grandes hemorroidas. Tenho realizado a cirurgia para tratamento do estreitamento anal com o laser. 

Video: Hemorroida.


Estreitamento anal:


Toque:Canal anal pervio.
Estreitamento anal: Cicatriz na volta do ânus.

Estreitamento com uma pequena feridinha na parte de baixo da abertura anal. 
Estreitamento com fissura anal.








Verrugas de HPV, pênis e anal com fotos e vídeo.




Verrugas de HPV no pênis e anal, duvida ilustrada com fotos e vídeo.
Duvidas: 11- 995204135 / 987164052.
                 
Dr Paulo Branco.


Agendamento:


Clinicas:
Proctologista na Lapa: 
Mônica
Fone/whatsApp:
01198666-3281.














Proctologista na Vila Olímpia: 
Fone: 011 - 3846-7973.
Fátima












Proctologista no Centro de São Paulo - Praça da Republica:
Fone: 11 - 3331-7016.


Renata










Dúvida do internauta sobre verrugas de HPV no pênis e perianal. 

Video do HPV:


Resposta: Trato frequentemente homens com verrugas no pênis e perianal com o laser. Essas verrugas  são causadas pelo vírus HPV, e geralmente contraídas pela relação sexual. Atualmente tenho realizado o tratamento simultaneamente com o laser e microscópio e associado medicamentos que aumentam a resistência contra o HPV.

Veja as fotos abaixo e assista o video sobre HPV.


Verrugas de HPV.

Verrugas no pênis:
Verrugas perianais:








Cisto Pilonidal: Dúvidas ilustradas com fotos e vídeo.

Cisto Pilonidal, dúvida do internauta, ilustrada com fotos e vídeo. 
Dúvidas: 11 - 99520-4135 / 98716-4052



























Hemorroida: Dúvidas ilustradas com fotos e vídeo.

Hemorroida, dúvida do internauta ilustrada com fotos e vídeo.

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Erotismo como causa de DST nas mulheres e homens.

Erotismo como causa de DST nas mulheres e homens, ilustrado com fotos e vídeos.
Dúvidas medicas:
Fone/whatsApp: 11-995204135/987164052

                            Respondendo dúvidas internautas:



Consultórios:
- Proctologista na lapa, Rua Clélia, 397.
Fixo: 11 – 3672-8943
Fone/whatsApp: 11- 986663281

Monica 



- Proctologista na Vila Olímpia:
Fone: 11 – 3846-7973

Fatima



- Proctologista no Centro da cidade, na praça da Republica.
Fone:  11 – 3331-7016


Renata





Erotismo:
O erotismo é uma forma de estimular o impulso sexual, através de palavras, sussurros, caricias, já que homens e mulheres não se excitam somente com o prazer visual.  A grande maioria dos relacionamentos com o tempo, perdem o encantamento, desejo e a erotização que representam o gatilho para uma excitação, e resposta sexual criativa, intensa e prazerosa.




- Mulheres:
A mulher foi muito criticada pela sua educação dirigida para a formação e educação da família, de manter ou acabar com as formações eróticas que faziam parte quase que somente da educação masculina, mudou e está atualmente praticando a Liberdade adquirida e em busca de novas formas de expressar as suas ideias e sentir as diferentes formas do prazer advindas quem diria da erotização.





Erotismo da Mulher:
Apesar de um considerável numero de mulheres tornarem a sua relação aberta, que considera a terceira pessoa ou  colocando as fantasias dentro da relação, o tradicional ainda prevalece nos seus relacionamentos. As fantasias femininas são mas elaboradas do que a masculina e requerem para ser prazerosa uma historia construída com sussurros, envolvimento, romance e descobertas. As mulheres parecem ser mas criativas, ecléticas e maduras emocionalmente nas suas fantasias e que apreciam desde a nudez até homens de terno e gravata.








Erotismo visual feminino:
 As mulheres consideradas mas românticas se excitam vendo filmes como Uma Linda Mulher, onde a garota de programa é interpretada pela estonteante Julia Robert que vive um momento Cinderela que a maioria das mulheres gostam de viver em algum momento nas suas relações, na qual investem toda a sua sensualidade envolvida em um clima de romance. Já outras mulheres com fantasias mas picantes poderão se excitar com filmes como Nove e Meia semanas de Amor e com contos eróticos. Existem aquelas mulheres cujo cérebro será mobilizado para aumentar a excitabilidade assistindo filmes pornôs.




- Erotismo nos Homens:
O homem Geralmente é mas direto no seu erotismo e focado na nudez feminina e no ato sexual em si,  por isso não tem necessidade de uma historia, romance e muito menos envolvimento o que explica porque eles gostam tanto de filmes eróticos para se masturbar nas preliminares, valorizando o tamanho do pênis, orgasmos múltiplos e ejaculações vigorosas.    






- Erotismo: Mulheres e Homens.
As fantasias das mulheres e homens se tornaram um ingrediente quase indispensável para aumentar o nível da excitação erótica do casal. Acho de fundamental importância para o casal desfrutar da excitação erótica impulsionada ou aumentada pelas fantasias.


Fantasia:
Fantasia:




DST na nesta fase erótica:
O homem na sua pegada forte e movido pelo impulso de uma ereção muitas vezes acaba realizando  uma penetração parcial ou total sem o preservativo, e o mais surpreendente que a mulher, também envolvida naquele tesão intenso só lembra depois que não usou o preservativo. Chegam no consultório naquele desespero de quem contraiu todas as
DST existentes no mundo e querendo tomar todas as pílulas do dia seguinte.

Dica: Um ativo fora de controle, só quer a penetração, e portanto a mulher deverá controlar no inicio e colocar no parceiro o preservativo.

Preservativo sempre:



- Preservativo x mulheres:
O uso do preservativo com parceiros fixos  de longa data parece ser um dos maiores problemas a serem trabalhados com essa população, pois para as mulheres, ainda há dificuldade em negociar o sexo seguro com seus parceiros, o que não ocorre com tanta frequência quando o parceiro é ocasional.
O uso da camisinha é menos frequente entre a população jovem feminina ( menos de 30%) do que na masculina ( 40% ). Em todas as faixas etárias as mulheres usam menos camisinhas em relações casuais do que os homens ( 75% contra 57%, respectivamente, não usaram a camisinha).





Risco de contaminação pelo HIV:
-      Na relação heterossexual o risco do homem  contaminar a mulher pelo vírus do HIV é 4 x maior. Essa diferença é consequente a disposição anatômica dos órgãos genitais da mulher, que é mas favorável a instalação do vírus do HIV. Atualmente, no Brasil  a infecção pelo HIV na faixa etária entre os 13 anos e os 19 anos é maior entre as meninas do que entre os meninos, numa proporção de 10 para 8, respectivamente.




Atenção: Este aumento parece esta relacionado a dois fatores:
1- As meninas e meninos acharem que a camisinha e coisa ou deverá ser usada por prostitutas, elas não precisam por não serem de risco e não apresentarem a doença.
2-  Essa geração entende que a doença tem tratamento, que foi reduzido para ingestão de três medicamentos e não mata.


Caso clinico: Um amigo meu chegou no meu consultório, com a glande com várias verrugas de HPV, e me falou de quem contraiu, eu fiquei surpreso, porque conhecia a pessoa, uma triatleta, sarada, uma gata, e seria sinceramente a ultima mulher que eu pensaria ter o HPV vaginal. A conclusão foi que eu tratei o amigo e paciente com o laser e microscopia de alta resolução.  

- Preliminares:
Engana-se quem acha que para os homens a penetração é mais importante do que as preliminares. Muitas vezes as mulheres querem partir direto para o ato sexual, deixando para lá a melhor parte da transa. Beijos , caricias, toques, enfim, tudo que pode vir antes da relação sexual. Muitas delas acham que o prazer do homem está somente no pênis, esquecendo que o corpo do homem poderá funcionar como uma caixinha de surpresas, e a mulher poderá fazer o seu parceiro descobrir sensações que até então nem ele conhecia. Homens e mulheres devem investir nas preliminares, olhares, sussurros e coisas absurdas faladas nos ouvidos. Para a realização do sexo, as preliminares passam a ser fundamentais para o relaxamento e entrega dos parceiros. As zonas consideradas erógenas deveram ser percorridas e estimuladas pelas mãos ou mesmo dildos ou brinquedos de forma delicada proporcionando na mulher um aumento do libido e desejo.





DST nesta fase:
A manipulação das regiões genitais com as mãos e dedos poderão determinar ferimentos, pelas unhas grandes e contágios por DST como as verrugas de HPV. O uso de brinquedos tem os seus riscos, tanto de traumatismos, se esses forem inadequados, pontudos, cortantes ou feitos de material inadequado como de transmissão de doença infecciosa e viral como o HPV. Aparar as unhas e lavar as mãos é uma atitude simples e quando comprar o brinquedo erótico, amigão de cabeceira, opte pelo de silicone, rombo e com base adequada.








DST pela manipulação com dedos:
Poderá ter risco se os dedos estiverem com esperma ou secreção vaginal. A pele tem uma resistência muito eficiente, mesmo se estiver com um ferimento a transmissão das DST pela via sanguínea, porem há risco de transmissão pela manipulação com os dedos nas preliminares de outras DST, como a Herpes por exemplo. Em relação a transmissão do HIV pela prática da masturbação do casal durante as preliminares é segura.





DST no período menstrual:
Evite praticas sexuais com brinquedos, dedos, sexo oral ou com penetração no período menstrual porque aumentam o risco de infecção, especialmente pelo HIV.

- Beijo:
O beijo representa o grau máximo da intimidade, desencadeia a resposta química da sexualidade, alterando os hormônios responsáveis pelo libido e prazer, elevando os níveis de excitabilidade do casal. É bem conhecido que o risco de transmissão de DST pelo beijo é mínima, pela baixa concentração dos agentes infecciosos na saliva.




DST no beijo:
A possibilidade é muito baixa, e para ocorrer a infecção, os parceiros teriam de esta infectados e com feridas na cavidade oral, para que a transmissão se dê pelo sangue e não pela saliva.


- Sexo oral:
A maioria das pessoas acham que o sexo oral na mulher ou no homem é seguro e a maioria dos homens simplesmente detestam a pratica do sexo com camisinha, no tipo de sexo que os mais mais gostam e sentem prazer, que é o sexo oral, pela riqueza da inervação da glande ou cabeça do pênis. Então saiba que a única maneira segura de fazer sexo oral nos homens e mulheres é com o preservativo, sendo mais seguro fazer o sexo com penetração e com preservativo, do que fazer sexo oral sem nenhuma proteção. Você não precisará obrigatoriamente ter uma feridinha na sua boca para ser contaminado, basta que haja contato da mucosa da sua boca com a mucosa do pênis do seu parceiro, essas mucosas são especializadas em absorver o que entra em contato com a sua boca e portanto rapidamente absorve um vírus e você estará contaminado.

DST e o risco do sexo oral:
Faca constantemente no seu parceiro fixo, com certeza ira rola uma preliminar que todo os homens adoram, agora não faça nunca no sexo casual, na promiscuidade ou com quem você irá conhecer hoje a noite na balada. Você poderá contrair o HIV e outras DST como o HPV ( Verrugas ) fazendo o sexo oral na mulher ou a mulher em você, porque o microorganismos estão presentes em todas as secreções peniana ou vaginal.


Poderá morder, mas na dose certa:


- Sexo anal: Um fetiche!
É bom ficar atento, a palavra fetiche sugere feitiço, alguma coisa mágica, um objeto ou parte do corpo que as pessoas consideram de elevada qualidade erótica. Apesar de hoje a masturbação e o sexo oral fazerem parte da sexualidade de homens e mulheres, o sexo anal é a ovelha negra das variantes sexuais. Embora algumas estatísticas demostrem que poucos casais gostem de sexo anal, outras já revelam que, atualmente, muitos homens e mulheres confessam desfrutar desta variação. Falar sobre sexo anal ou sexualidade anal sempre desperta vários desafios; um dos se refere à negação ou não aceitação do fato de que podemos desfrutar desta prática tão prazerosa sem culpa.
O machismo outorga uma categoria superior ao homem, uma espécie de supremacia. Entende-se por homem aquele que controla, que domina, o que tem o poder, em termos sexuais que possui, é o que penetra, é o que controla  através de seu falo o prazer de outros.
Do outro lado está a fêmea, aquela que se deixa agradar e a que tem que obedecer; em termos sexuais a possuída, a que é penetrada e, subjetivamente, a que ocupa o segundo lugar.




DST na relação anal:
A principal causa ou risco da mulher contrair a DST, na relação anal ou passiva, é não ter o controle sobre o homem, ativo no inicio da penetração, e as doenças que eu mas diagnostiquei e tratei nas mulheres foram a proctite infecciosa e as verrugas de HPV e nos homens a infecção da uretra ( uretrite )pelas bactérias das fezes, como a Escherichia Coli enteropatogenica. A rela 


Penetração Vaginal:
Na relação com penetração vaginal, há o contato entre duas mocosas, a peniana e vaginal, ambas com grande poder de absorção e portanto com alto risco de transmissão das DST, tanto de pele como pela via sanguínea, e não esqueça que o vírus HIV está presente na secreção vaginal e pré-ejaculatoria ( liquido que sai antes ou durante da fase excitatória).




DST no sexo vaginal:
Ainda existem homens que fazem sexo com mulheres sem camisinha, por não se adaptarem e pela diminuição da sensibilidade na parte mas inervada do pênis, que é a glande ( cabeça ). Os idosos, onde a AIDS aumentou não criaram o habito do uso do preservativo. Nas preliminares, estimulados muitos vezes pelos medicamentos estimuladores da ereção, os homens não resistem e fazem a penetração e no momento do orgasmo colocam o preservativo, pura irresponsabilidade e uma tremenda desinformação. Já diagnostiquei e tratei na minha clinica de vários pacientes com DST, como as verrugas no pênis advindas exatamente deste tipo de comportamento sexual, totalmente irresponsável para homens e mulheres.
Após ejacular, o semem contaminado pelo HIV, permanecerá por muito tempo em contato com a mucosa vaginal, o sufiente para que ocorra absorção pela mucosa vaginal do HIV.   










- DST no sexo casual:
Impulsionado pelas dificuldades impostas pelo dia a dia, muitas vezes exaustivos dos relacionamentos, surgem os relacionamentos sem compromisso no qual você não precisará dar satisfação nenhuma depois, e o objetivo é exclusivamente a busca pelo desejo e prazer. A idealização romântica, o julgamento pela aparência, a necessidade de provar que o ama ou confia nele associada a falsa percepção de segurança nos parceiros e  a vontade de se entregar poderá levar os seus adeptos a não usarem o preservativo na relação vaginal e oral, aumentando os riscos de contrair, diferentes DST. Veja abaixo:
HIV: Em até 4 x nas mulheres.
Sífilis:  Até 10 vezes.
Clamídia: Até 6 vezes.
Herpes genital: Em até 9 vezes
Gonorreia: Em até 18 vezes.







Erotismo e as DST na mídia:
Estudo recente envolvendo emissoras de TV e Radio e principais revistas de veiculação nacional concluiu que:

A exposição a mensagens eróticas é alta enquanto a orientação sobre DST/Aids é insuficiente. Eu completaria que além de insuficiente, a sua veiculação é maior durante os grandes eventos que geram risco para a contração das DST, como o carnaval e parada gay.